Publicidade

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

O desktop Lumina 1.2 permite transformá-lo em um Xfce, MATE, OSX ou Windows UI.




Também deprecia várias bibliotecas e coisas inúteis.



Ken Moore, o criador da distribuição baseada no BSD TrueOS que era anteriormente conhecido como PC-BSD, começa 2017 com uma nova versão estável do seu leve ambiente de desktop Lumina.

Primariamente uma versão otimizada, o Lumina 1.2.0 ambiente de trabalho é aqui um pouco mais de dois meses após o lançamento da versão 1.1.0, e promete trazer um monte de guloseimas, incluindo novos plugins, um utilitário totalmente nova, assim como Vários under-the-hood melhorias que os usuários podem achar útil se eles usam Lumina em seu sistema operacional.

Enquanto se concentra no minimalismo, Lumina 1.2.0 está aqui para fazer alguma limpeza geral, removendo um monte de coisas inúteis, como a biblioteca LuminaUtils, resultando em binários mais rápidos e confiáveis. Ele também inicia a depreciação de alguns dos utilitários externos e introduz perfis pré-definidos para configurações de interface do sistema.

"Muitas vezes eu mencionei que Lumina poderia ser reconfigurado para reproduzir a interface da maioria dos outros ambientes de desktop, mas agora os usuários podem literalmente transformar Lumina em um fac-símile razoável do Windows, Mac OS X, GNOME 2 / MATE ea interface Xfce padrão com apenas Um par de cliques do mouse ", disse Ken Moore. Confira a galeria de tela abaixo para vê-lo em ação.

Em breve para uma distro perto de você

O Lumina não é exclusivo do TrueOS, pois você pode facilmente instalá-lo em várias distribuições GNU / Linux, como Debian, Ubuntu, Gentoo, Fedora, openSUSE, PCLinuxOS, Slackware ou Arch Linux, bem como outros sistemas operacionais baseados em BSD como OpenBSD, FreeBSD, DragonflyBSD, NetBSD, e mesmo GNU / kFreeBSD.

A versão mais recente, Lumina 1.2.0, deve estar disponível nos repositórios de software estáveis ​​de alguns desses sistemas operacionais, e é uma atualização recomendada para aqueles que executam qualquer uma das versões anteriores. Você também deve verificar a homepage do projeto se você planeja compilar o ambiente de trabalho de fontes em sua distribuição.

Fonte

Até a próxima!!