quarta-feira, 16 de maio de 2018

O Hackfest de desempenho do GNOME 2018 é encerrado em Cambridge




Confira!!



O 2018 Performance Hackfest do GNOME está encerrando hoje em Cambridge, Reino Unido, depois de passar os últimos dias focando em como otimizar melhor a pilha de desktop para RAM / CPU / GPU / eficiência de energia. Os frutos deste hackfest se tornarão evidentes com o lançamento do GNOME 3.30, previsto para setembro deste ano.

A Fundação GNOME e a Fundação Raspberry Pi colocaram este último encontro de desenvolvedores para se concentrar em melhorar o desempenho do GNOME. Entre seus trabalhos estava a maneira de melhorar o desempenho gráfico do GNOME Shell, reduzindo o uso de memória do sistema, observando problemas lentos de E / S e muito mais.

Para otimizar o Shell alguns dos itens discutidos incluindo alguns recursos específicos do OpenGL, como EGL_IMG_context_priority, para renderização de maior prioridade, fazendo uso de KHR_no_error quando não deseja que o erro OpenGL manipule a sobrecarga na produção, desabilitando o mipmapping em sistemas HiDPI e otimizando para 2D / flat actors.

Algum código já está sendo postado para comentário / revisão decorrente deste hackfest.

Entre os problemas de uso de memória explorados foram o GDM mantendo uma sessão extra do GNOME Shell rodando mesmo após o login, o GNOME Software sempre iniciando mesmo se as atualizações do download estiverem desabilitadas, o Evolution e seus daemons rodando mesmo que nenhuma conta seja configurada, o Geoclue é sempre ativado pelo D-Bus mesmo que não seja necessário, e uma variedade de outras áreas que poderiam ser melhoradas.

Mais informações sobre este último hackfest do GNOME podem ser encontradas no Wiki do GNOME . Certamente será emocionante ver o que é materializado pelo lançamento do GNOME 3.30 em setembro.

Fonte

Até a próxima!!